História da Instituição

 

A Fundação Viscondes de Messangil tem o nome da sua benemérita, D. Maria de Vilhena Varela (Viscondessa de Messangil) e, como principal responsável da sua criação a D. Inácia Garrote Baião (Modista solteira, natural de Pias).

O seu início foi marcado pela aprovação dos seus estatutos no dia 20 de Janeiro de 1968, quando esta passou a ser “Pessoa Colectiva de Utilidade Publica Administrativa”. No entanto, e segundo contam as pessoas, o seu início remonta ao ano de 1960 quando D. Inácia e a Viscondessa de Messangil se conheceram de forma casual.

O relacionamento das duas no início era apenas profissional, uma vez que, D. Inácia foi a modista de um vestido de casamento para uma afilhada da Viscondessa. Como a mesma, passava largas temporadas na sua propriedade agrícola (a Bolarina) perto de Pias o relacionamento e os encontros ente ambas veio a intensificar-se. E foi assim, num desses encontros, que a Viscondessa revelou á D. Inácia a vontade de criar uma fundação com o seu nome em Beja. A revelação dessa vontade, foi de encontro à de D. Inácia que, já alguns anos vinha alimentando essa mesma ideia, mas para a freguesia de Pias.

Perante isto, D. Inácia persuadiu a Viscondessa a fazer a Fundação em Pias, justificando-se com o facto de a maioria das pessoas que trabalhavam as suas terras serem de Pias e terem grandes carências. Desta forma, verificava-se uma necessidade de criar uma instituição que desse resposta e cessasse tais necessidades, especialmente a criação de um Jardim de Infância onde os trabalhadores pudessem deixar os seus filhos.

Após convencer a Viscondessa, D. Inácia começou a tratar dos aspetos legais da sua criação e a 5 de Janeiro de 1969 foi inaugurado o Jardim de Infância. Esta inauguração decorreu no edifício, que mais tarde viria a ser a residência da D. Inácia, e foi anunciada em vários jornais nacionais e regionais da época.

Na inauguração estiveram presentes, o representante do Governo Civil, o Delegado do Diretor Geral da Assistência, D. Maria Ana Sobral (em representação da Viscondessa), D. Inácia Baião, o Bispo da Diocese de Beja, e o Sr. Prior Gaudêncio Fernandes Pároco da freguesia. A mesma, iniciou-se com discursos, aos quais se seguiu uma visita guiada pelas instalações e terminou com a realização de uma missa em ação de graças pela Fundação e pela sua benemérita a Viscondessa de Messangil.

 Visualize um breve historial fotográfico sobre a construção do 1º asilo da fundação

FV 

Please publish modules in offcanvas position.